Intervenções

As intervenções urbanas serão realizadas pelo Projeto Madalenas Teatro das Oprimidas (UFOP) e pelo Núcleo de Investigações em Dança – Anticorpos em parceria com o Caixa Preta – MediaLab.

Projeto Madalenas – Teatro das Oprimidas
Corpo-vibrátil: frequências sonoras de ser mulher

fernanda
Inspiradas na noção de corpo-vibrátil apresentada por Suely Rolnik, levantamos a hipótese de que a vida é composta por campos de forças, portanto, o corpo está em vibração com o mundo. Ser corpo exige mobilização de forças, sensibilidade as texturas do mundo, aos efeitos da sociedade que condiciona todos a meros objetos. Corpo mulher, mulher corpo. Quais vibrações desejamos?

 

Anticorpos
Murales

A partir da investigação prática das relações entre o corpo e a gravidade, foram criadas diversas formas de deslocamento atravessadas pela consciência dos dançarinos do peso de suas carnes. O resultado foram alguns vídeos construídos para serem projetados em diferentes partes da cidade, propondo atravessamentos entre o corpo e a urbe, entre carne e cimento.